Introdução à química orgânica


Química orgânica é a química dos compostos do carbono.

Propriedade típica do carbono: formação de cadeias.

Histórico

Berzelius
Teoria da força vital. Nos organismos vivos, há uma força especial indispensável à síntese dos compostos orgânicos. Por isso, esses compostos não podem ser sintetizados fora dos organismos vivos (in vitro).

Wöhler (1828)
Síntese de uréia in vitro. Começa a ser abandonada a teoria da força vital.

Berthellot
Sintetiza muitos compostos orgânicos em laboratório e "enterra" a teoria da força vital.

Diferenças entre compostos orgânicos e inorgânicos
  • Composição (C, H, O, N)
  • Número de compostos
  • Freqüência do fenômeno de isomeria e polimeria
  • Natureza dos compostos
  • PF e PE
  • Condutividade elétrica
  • Solubilidade
  • Resistência ao aquecimento (sem decomposição)
  • Inflamabilidade dos compostos

C
A
D
E
I
A
·
C
A
R
B
Ô
N
I
C
A
ABERTA ou
ACÍCLICA ou
ALIFÁTICA
  • Quanto à natureza
    • Homogênea
    • Heterogênea
  • Quanto à disposição dos C
    • Normal ou reta
    • Ramificada ou arborescente
  • Quanto à saturação
    • Saturada
    • Insaturada ou não-saturada
FECHADA ou
CÍCLICA
Alicíclica ou não-aromática
  • Quanto à natureza
    • Homogênea ou homocíclica
    • Heterogênea ou heterocíclica
  • Quanto à saturação
    • Saturada
    • Insaturada ou não-saturada
  • Quanto ao número de ciclos
    • Monocíclica ou mononuclear
    • Policíclica ou polinuclear
      • Condensada
      • Não-condensada
Aromática
  • Quanto ao número de ciclos
    • Monocíclica ou mononuclear
    • Policíclica ou polinuclear
      • Condensada
      • Não-condensada