Hidratos de carbono, lipídios e proteínas

  1. Hidratos de carbono
  2. Lipídios
  3. Proteínas

Hidratos de carbono

Monossacarídeos ou oses - São os polidroxialdeídos (aldoses) e as polidroxicetonas (cetoses). São os açúcares não-hidrolisáveis.
Exemplos: glicose (aldoexose) e frutose (cetoexose).

Osídeos - São os açúcares hidrolisáveis. Podem ser dissacarídeos (sacarose, lactose, maltose, celobiose, etc.) ou polissacarídeos (amido, glicogênio e celulose).

C12H22O11 + H2O ® C6H12O6 + C6H12O6
sacarose
lactose
maltose
celobiose
glicose
glicose
a glicose
b glicose
frutose
galactose
a glicose
b glicose

(C6H10O5)n + nH2O ® nC6H12O6
amido
celulose
glicogênio
a glicose
b glicose
a glicose

Lipídios

Lipídios são substâncias que, por hidrólise, fornecem ácido(s) graxo(s) (obrigatoriamente), ao lado de outros compostos. Podem ser glicerídeos, cerídeos, fosfolipídios e cerebrosídios.

Glicerídeos são ésteres do glicerol com ácidos graxos. Os óleos e gorduras são misturas de glicerídeos.

Nas gorduras, predominam glicerídeos de ácidos saturados (palmítico e esteárico) e são "sólidas" à temperatura ambiente.

Nos óleos, predominam glicerídeos de ácidos insaturados (oleico) e são líquidos à temperatura ambiente.

Ácidos graxos mais comuns

C15H31-COOH palmítico

C17H35-COOH esteárico

C17H33-COOH oleico (uma c1)

óleo hidrogenação
¾¾¾¾¾¾¾®
gordura

[óleo ou gordura] + NaOH ® glicerol + sabão (sais de sódio de ácidos graxos)

[óleo ou gordura] + H2O ® glicerol + ácidos graxos

Os ácidos graxos obtidos são usados na fabricação da vela.

Cerídeos são ésteres de ácidos graxos e álcoois superiores. Entram na constituição das ceras (cera de abelha, cera de carnaúba, etc.).

Fosfatídios ou fosfolipídios são ésteres do glicerol com ácidos graxos, H3PO4 e aminoálcoois.
Exemplos: lecitinas e cefalinas.

Cerebrosídios são ésteres de ácidos graxos com galactose e aminoálcoois.

Proteínas

Definição

Proteínas são substâncias formadas por macromoléculas resultantes da condensação de grande número de moléculas de a aminoácidos carboxílicos.

Na cadeia peptídica, os aminoácidos estão unidos por ligações peptídicas.

Aminoácidos essenciais - Não são elaborados pelo organismo e, por isso, devem ser introduzidos sob a forma de alimentos.

Estrutura

Desnaturação - É a perda da ação biológica da proteína causada por aquecimento ou variação do pH. Resulta da destruição da estrutura terciária.