PROBLEMAS RESOLVIDOS /

FÍSICA MODERNA / UFRGS 2007

 

Questão 23

O PET (Positron Emission Tomography ou tomografia por emissão de pósitron) é uma técnica de diagnóstico por imagens que permite mapear a atividade cerebral por meio de radiações eletromagnéticas emitidas pelo cérebro. Para a realização do exame, o paciente ingere uma solução de glicose contendo o isótopo radioativo flúor-18, que tem meia-vida de 110 minutos e decai por emissão de pósitron. Essa solução é absorvida rapidamente pelas áreas cerebrais em maior atividade. 0s pósitrons emitidos pelos núcleos de flúor-18, ao encontrar elétrons das vizinhanças, provocam, por aniquilação de par, a emissão de fótons de alta energia. Esses fótons são empregados para produzir uma imagem do cérebro em funcionamento.

Supondo-se que não haja eliminação pelo organismo, que porcentagem da quantidade de flúor-18 ingerido ainda permanece presente no paciente 5 horas e 30 minutos após a ingestão?

(A) 0,00%.
(B) 12,50%.
(C) 33,33%.
(D) 66,66%.
(E) 87,50%.

Resolução:
Alternativa (B)

 

 

Questão 24

 

Quando se faz incidir luz de uma certa frequência sobre uma placa metálica, qual é o fator que determina se haverá ou não emissão de fotoelétrons?

(A) A área da placa.
(B) O tempo de exposição da placa a luz.
(C) O material da placa.
(D) O ângulo de incidência da luz.
(E) A intensidade da luz.

Resolução:
Alternativa (C)

 

 

Questão 25

Em 1999, um artigo de pesquisadores de Viena (M. Arndt e outros) publicado na revista Nature mostrou os resultados de uma experiência de interferência realizada com moléculas de fulereno - até então os maiores objetos a exibir dualidade onda-partícula.

Nessa experiência, as moléculas de fulereno, que consistem em um arranjo de 60 átomos de carbono, eram ejetadas de um forno e passavam por um sistema de fendas antes de serem detectadas sobre um anteparo. Após a detecção de muitas dessas moléculas, foi observado sobre o anteparo um padrão de interferência similar ao do elétron, a partir do qual o comprimento de onda de de Broghe associado à molécula foi então medido. Os pesquisadores verificaram que o comprimento de onda de de Brogle associado a uma molécula de fulereno com velocidade de 220 m/s é de 2,50 x 10-12 m, em concordância com o valor teoricamente previsto.

Qual seria o comprimento de onda de de Broglie associado a uma molécula de fulereno com velocidade de 110 m/s?

 

A) 1,00 x 10-11 m.
(B) 5,00 x 10-12 m.
(C) 1,25 x 10-12 m.
(D) 6,25 x 10-13 m.
(E) 3,12 x 10-13 m.

Resolução:
Alternativa (B)

 


Problemas de Física Moderna: Vestibular UFRGS
1998 1999      
2000 2001 2002 2003 2004
2005 2006 2007 2008 2009
2010 2011 2012 2013 2014
2015 2016 2017 2018 2019